Inter.Net.Cpq

Anunciantes do Jornal


PIMENTA ÁGUA MINERAL

RM COMERCIAL

ARMAZÉM

Pesquise no Jornal

Sociedades de Bairros

Saiba onde retirar seu exemplar!
Vitor Lourenço

Vírus MyDoom se espalha pela Web; veja como se livrar da praga

28/01/2004

Um novo vírus conhecido como MyDoom (ou Novarg ou shimgapi) vem se espalhando rapidamente pela Internet via e-mail e pode ser tão catastrófico quando o BugBear e o Sobig, dois vírus causadores de infecções históricas. Em apenas algumas horas, milhares de equipamentos em países distintos foram infectados.

Segundo a empresa de antivírus MessageLabs, 1 em cada 12 emails circulando pela Web carregam o vírus. A empresa já barrou mais de 577 mil e-mails infectados com o MyDoom, em 168 países. Os Estados Unidos são o país mais afetado, com cerca de 60% dos ataques.

O objetivo fundamental do Mydoom.A.worm é causar colapsos nos sistemas de informática empresariais, impedindo os usuários de trabalharem com o computador. O vírus utiliza uma técnica de engenharia social, capaz de enganar todo tipo de usuário, mas principalmente administradores de rede, visto que contém mensagens técnicas referentes a um erro no servidor do correio eletrônico ou uma falha na transação.

As companhias infectadas ficam paralisadas. Ao reenviar-se
automaticamente aos contatos de e-mail encontrados no computador infectado, o Mydoom.A causa um grande tráfego na rede.

O novo worm não tira vantagem de nenhuma falha ou vulnerabilidade de software, e foi projetado para convencer os destinatários de um e-mail a abrir um arquivo anexo e executar os programas nele contidos.

O MyDoom chega em mensagens com um arquivo de extensão exe, .scr, .zip ou .pif, e pode conter na linha de assunto as palavras \"status\" ou \"test\". Ele ataca somente computadores que usam o sistema operacional Windows.

O MyDoom também se envia aos endereços de e-mail arquivados no PC do destinatário, e está congestionando os servidores de e-mail das redes nas empresas.

O vírus também abre a porta TCP 3127 da máquina infectada, permitindo que um hacker obtenha o controle do equipamento, podendo até mesmo roubar, manipular ou destruir todo tipo de informações. Além disso, ele está preparado para lançar um ataque de negação de serviço (DoS) ao site www.sco.com, no próximo dia 1º de fevereiro.

Para ver a reportagem completa entre em : Notícias UOL

Redação / Info / Noticias UOL

Indicar esta página à um amigo

 

Matérias Anteriores:

 

Jornal Bairros em Notícia

Fone (19) 3233.3201 ou (19) 9128.0775
contato@bairrosemnoticia.com.br
Caixa Postal 756 - CEP 13001-970 - Campinas - SP